23/04/2009

Liliana Cartaxo

Olhando para toda a minha vida, de onde vim, do que procurei, no que sempre acreditei e no que enfrento neste momento, senti compartilhar com vocês algumas palavras. Acredito que muitos amigos, familiares, colegas e até mesmo quem não me conhece e tem acompanhado todo este blog, fiquem tentando perceber, uma série de factores que nos tem levado a falar da maneira que retratamos Deus e como temos colocado o Josué nos braços Daquele que nos criou. Talvez muitas dessas perguntas sejam:
- como podem eles acreditar em Deus quando o próprio Deus lhes deixa passar por esta dificuldade e tristeza ?
- se Deus é todo poderoso porque nâo acaba com todas estas doenças pelo mundo?
- existe tanta gente maldosa neste mundo que por vezes parecem ter mais sorte que estas crianças inocentes?
- se Deus é só um, porquê tanta religião?

Se estou certa que estas têm sido as vossas perguntas, então deixem-me vos dizer que também essas foram as minhas questões durante anos! Algo em mim fazia acreditar que todos nós não viemos de simples “macacos”, apesar de o aprendermos na escola, mas sim de alguém supremo, chamado Deus e por todas essas dúvidas, durante muito tempo culpei Deus, em não se importar com aqueles que sofrem! Mas já tentaram ler a Biblia? Foi algo que fiz, tentando assim, perceber o que nela vinha escrito, e qual não foi meu espanto, ao reparar que este livro apresentava muita resposta interessante. O que mais me admirou ainda, foi a o facto de, por exemplo, no último livro da biblia (Apocalipse), tratar sobre guerras; pestes; fome; diferentes religiões; etc… coisa que vemos e ouvimos muito nos dias de hoje, ou seja, nada do que se está a passar deveria ser novidade para nós, pois Deus já naquele tempo nos começou a exortar em relação a este tipo de problemas.
Já pararam para pensar que muitas das vezes dizemos a Deus: “ se existes tens que fazer um milagre na minha vida, como por exemplo isto…. E então eu acreditarei em Ti e colocarei uma vélinha!” Deus já deu o Seu filho para morrer pelos nossos pecados, e mesmo antes disso o mandou para pregar o envagelho, com o objectivo de hoje termos a Biblia nas nossas mãos! Nunca nos lembramos de Deus, só nas aflições, mas continuamos a dizer que somos cristãos! Acredito que nessas alturas Deus deve de olhar para nós e dizer: “ Caramba, filho! Nunca olhas para mim, nunca te lembras de mim, não acreditas em mim e ainda vens pedir milagres! Dei-te vida, dei-te tudo o que tens à tua volta e mesmo assim escolhes todos os caminhos que me afastam de ti, que eu não gosto e que te magoam. Mas quando te vês num bêco sem saida, aí lembras-te de mim, corres chamando por mim… e ainda achas que tenho, primeiramente, mostrar-te que existo e fazer milagres para acreditares e confiares em mim!”
Já pensaram que estas são as palavras que também saem da nossa boca muitas das vezes que repreendemos nossos filhos: "Caramba! Nunca ouves o que o pai te diz… achas que sabes tudo e depois não fazes nada do que te digo! Quando corre mal… aí sim, vens ter comigo….aí lembras-te de mim para te socorrer"!
Nestas alturas nossos corações sofrem… os nossos filhos fazem tudo ao contrário do que lhes dizemos, saem magoados e ainda por cima só se lembram de nós nas aflições.
Mas… melhor ainda… alguma vez o seu filho se virou para si e lhe disse: “ se queres que seja um bom filho, com boas notas e tudo mais, tens de me dar primeiro a lista de coisas que desejo e só depois sou o filho que tu queres!” Isto é tal e qual o que fazemos com Deus… dá-me e depois eu irei a Fátima acender uma vela, ou pagar promessa! Esta não é a educação que ninguém dá a um filho, mas achamos no direito de exigir de Deus.
Por exemplo, em João 6 verso 28 e 29 o povo pergunta a Jesus “o que é que Deus quer que a gente faça? “ ao qual Jesus respondeu “ Ele quer que vocês creiam naquele que Ele enviou!” E quem é que ele enviou? Penso que todos sabem, não!? Jesus, foi o único filho de Deus e o único a ser enviado para morrer pelos meus e os vossos pecados. Tanto foi que também em João 6:35 diz: “ Eu sou o pão da vida. Quem crê em mim nunca mais terá sede” e ainda no verso 40 vemos: “pois a vontade do meu Pai é que todos os que vêem o Filho e crêem nele tenham a vida eterna; …” ou seja, por aqui vemos que existe um intermediário entre nós e Deus, que é Jesus, mais ninguém. Desculpem para quem lê e é católico…mas a Nossa Senhora de Fátima fez algo por nós? Não! E Maria, mãe de Deus? Também não…ela apenas esteve ao lado do seu filho, tal como eu estou neste momento de doença do meu Josué e tal como todas as mães acompanham seus filhos em alturas de dor! Apenas vos falo do que questionei e procurei… o verdadeiro amor de Deus, por meio de Jesus...este sim, pagou o preço!
Como é que eu posso ter a ousadia de culpar Deus por tanta coisa, quando Deus anseia entrar no meu e no vosso coração, mas nós não premitimos! Ok, podem perguntar… se foi Deus que criou tudo isto porque existe então o mal? À partida quando Deus criou Adão e Eva e estes pecaram, o mal/pecado deu entrada no mundo, mas como Deus deu a livre vontade a cada um, de escolher o seu caminho, Ele não nos obriga a aceitá-Lo e a practicar o bem, pois é um Deus de Amor, (quando se Ama não se obriga alguém a nos amar) e por isso mesmo cada vez mais existe sofrimento à face da terra (No mundo tereis aflições, mas tende confiança! Eu venci o mundo, Jo 16, 33). Apenas quem tem Deus no coração consegue ter uma vida diferente… é claro que passamos por tempestades (no mundo tereis aflições), mas as tempestades da nossa vida são suportadas com a Sua ajuda, com o Seu amor, pois Ele pode limpar as lágrimas do nosso rosto e curar as nossas feridas! Neste momento sou testemunha disso ou não? O Josué é portador de uma doença maligna que graças a Deus e pela fé que lhe tenho depositado, ele tem sido um menino diferente de todos os que estão no hospital, tendo resultados incríveis… para vocês um milagre é só uma cura de um dia para o outro? Para mim não! O Josué já é um milagre!!! Por tudo o que tem suportado sem muitos riscos e dores…

Uma pergunta, porque pagam promessas, se Deus atender aos vossos pedidos? Ele só quer o vosso coração, ou seja, a vossa vida para melhor vos orientar a escolher os vossos caminhos, tal como fazemos com nossos filhos! Deus não está longe como julgam… Ele está bem perto e só precisa que falem com Ele e aceitem-No, como fazem com os vossos amigos!
O vosso motivo é vergonha do que os outros possam pensar? Vergonha deveriamos sentir nós, ao negar o amor de Deus, pois achamos que somos independentes e que podemos tudo! Este é o pensamento tipico de crianças e adolescentes, por isso não critiquem vossos filhos quando vocês próprios se comportam como eles em relação a Deus. “Tudo posso naquele que me fortalece!" (Filipenses 4:13) , e aquele que me tem fortalecido com a doença do Josué, é Deus… que esta seja frase e verdade para todos!
Não vos falo em religiões pois não é a religião que salva, mas falo-vos do Amor de Deus, aquele amor que eu procurei, porque dentro de mim havia a “sede” que Jesus tanto falava (Eu sou o pão da vida. Quem crê em mim nunca mais terá sede). Essa sede tem sido saciada com Amor de Deus e hoje vos digo que jamais terei palavras para agradecer o seu amor e carinho pelo Josué! Sabem que mais… para mim, neste momento, até é uma alegria poder ir ao hospital em Homburg pois existem muitas crianças e famílias destrúcidas que precisam de um gesto carinhoso e de uma oração feita pelo Josué… Foi isto que Deus nos ensinou: ”Ama o teu próximo como a ti mesmo” (Mateus 22:39).

Todas estas palavras para vos dizer que, apesar de toda esta situação, sei que Deus está comigo e com o Josué... há que parar de culpar Deus por aquilo que o homem comete… somos nós que, primeiramente, temos de dar a Deus, e só depois Ele fará a Sua parte, sempre olhando o melhor para nós!
"No mundo tereis aflições, mas tende confiança! Eu venci o mundo!" (João 16:33) Esta é a frase que resume estes últimos 2meses para mim… uma verdade que Jesus nos deixou; Ele faz-nos descansar pois se tivermos fé, também Ele vencerá connosco a nossa aflição!!
Obrigado a todos vocês que leram as minhas palavras e espero que vos faça pensar e buscar a verdade, como eu fiz um dia!
Obrigado a toda a minha família que amo (tios, primos,pais, mano…), a todos os meus amigos, a todos os meus alunos até hoje e um muito obrigado a si, que não me conhece e me tem ajudado em oração!

Que Deus vos Abençõe!

Liliana Mendes Cartaxo
.

3 comentários:

Eli Patrao disse...

Ola Liliana,muito bonita esta tua menssagem!!!DVA

rui.gaspar disse...

Paulinho e LiLi eu comecei por vos chamar assim para voces saberem que teem o nosso apoio e toda a forca espiritual,gostei muito de todo o vossos videos ,continuem assim fortes porque Deus esta no control de tudo,da-lhe um grande beijo por nos e nos quando formos ai ao Luxemburg nos gostava-mos de o ver.Xau e tudo de bom para voces.

john disse...

Ola Liliana e Paulinho beijinhos e coragem! o Josué cresceu muito, ele é um vencedor! Deus vai ajuda-lo.
Um grande beijinho do Aires e da avo Nanda! Todos os dia eu oro pelo meu pequenino Josué!